Sem definição concreta, novos agentes aguardam homologação de concurso

Sem novos contratados, órgãos que já sofrem na regularidade com pouco efetivo, se desdobram nesta pandemia com os poucos servidores à disposição

Em março de 2019, a Prefeitura de Salvador realizou concurso público  para diversos cargos, entre eles agentes de trânsito e transporte, que devem compor o quadro de pessoal da Transalvador e Semob. O concurso ocorreu após diversas cobranças da Astram nas negociações salariais, sendo finalmente firmado o compromisso por parte da gestão na campanha de 2018. Mesmo após a realização do processo há mais de um ano, os candidatos aprovados ainda aguardam as etapas finais para concluir o trâmite, que se arrasta há meses.

Entraves judiciais aliado à falta de posicionamento da empresa responsável pela realização do certame ( FGV ), que cometeu diversos erros nas etapas classificatórias impediam que o concurso pudesse ser Homologado. Com todas etapas concluídas, solicitamos a urgência na homologação.

Enquanto isso, os órgãos que já sofrem na regularidade com pouco efetivo, se desdobram nesta pandemia, já que vários servidores tiveram que ser afastados por fazer parte do grupo de risco e também alguns foram contaminados com o COVID 19, situação que causa sobrecarga aos que seguem em atividade.

Para o Presidente da Astram, André Camilo, é preciso que o município envide esforços para acelerar a Homologação . “Nosso efetivo é reduzido demais. Sabemos das dificuldades causadas pela pandemia, mas ainda assim é importante buscar uma solução nesta questão. Não há nenhum impedimento legal para que ocorra a homologação do concurso, muitos aprovados estão depressivos com todos esses problemas envolvendo o concurso. É preciso valorizar todos os esforços que estas pessoas fizeram para galgar uma vaga do cargo.

A Astram seguirá atenta para acompanhar esse processo, buscando junto à Semge e quem mais for necessário informações e, ao mesmo tempo, cobrando do órgão agilidade para assegurar que o concurso seja homologado o quanto antes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*